Feeds:
Posts
Comentários

Ela é forte, mas é delicada. Não é fácil, é firme. Poderosa, perfumada e dedicada. Inteligente. Não é daquelas boas em uma área só. Ao contrário, é talentosa em todas, por isso lida bem com os números e letras. Jornalismo e contabilidade, firma graduação nessas áreas.

É prática. Faz o que tem que ser feito, e mais, bem feito. Não faz rápido, porém faz o melhor com tudo que se compromete.
Ela é família, ela é orgulhosa de quem tem, do que tem, do que faz.
Ela trabalhou como contabilista, como assessora, fez inúmeros estágios na universidade. Faz um momento de louvor como ninguém. É uma tia amada, mas bem durona.
Tenho dúvidas se negocia tão bem assim. Por outro lado é que certo que pesquisa, pensa e repensa até adquirir um bem, por menor que seja o investimento. Acreditem, é assim sempre.
Ela me faz rir, também me ouve chorar. Sempre que preciso, no melhor e pior, ela cuida de mim. Não sei como, mas, mesmo sem arrumar minhas malas ela conhece toda minha “bagagem”. Risos!

É intercessora junto ao Pai, e defensora dos amigos, enfrenta quem for. Além disso, no seu ponto de vista sempre há um ou mais pontos positivos.
É discreta, até demais. Tanto que às vezes não entendo suas mensagens subliminares. O que já tem diminuído bastante porque, é fácil entender seu olhar. É a cumplicidade.
Caixinha de segredos, guardiã dos meus sonhos e planos. Quando interroga meus pretendentes é séria. A análise é completa e faz um relatório final geralmente surpreendente.
É Internacional. Seu talento não coube no Brasil. Por isso, vai ao Equador para brilhar. Na volta, a por mim tão esperada volta, trará sapatos, sapatos e ainda mais sapatos.
É um tesouro, é preciosa amiga. É Ionara Wichinheski!

Sou grata ao Papai por ter escrito minha história e nas entrelinhas me agraciado em te encontrar.  Amo você, minha caixinha de segredos!

Anúncios

Há 10 anos atrás…

Texto – Meditação Diária. Confira as demais em,

http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2011/frmd2011.html

Faze-o de Novo, Senhor

Quando virem estas coisas acontecendo, saibam que o reino de Deus está próximo. Lucas 21:31

Foi exatamente há dez anos. Quem não se lembra? Estava naquela terça-feira de manhã aguardando minha vez para uma consulta médica, quando os plantões de notícias informaram que dois aviões tinham sido lançados contra as Torres Gêmeas. São imagens impressionantes que não saem da memória.

Max Lucado, conhecido autor de livros de inspiração, lembrando aquele incidente, escreveu: “Querido Senhor, ainda estamos esperando para acordar. Ainda estamos esperando abrir os olhos adormecidos e pensar: que sonho horrível. Mas não acordaremos, não é, Pai? O que vimos não foi um sonho… Chamas consumindo nossas fortalezas, pessoas morrendo. Não foi um sonho e, querido Pai, nós estamos tristes.

“Há um bailarino que não mais vai dançar e um médico que não mais vai curar. Uma igreja perdeu seu pastor, uma classe sem seu professor…

“Assim vimos a Ti. Não pedimos Tua ajuda. Nós a imploramos. Sabemos aquilo que Tu podes fazer. Conhecemos as histórias e agora pedimos: Faze-o de novo, Senhor.

“Lembras-Te de José? Tu o resgataste de um poço. Tu podes fazer o mesmo por nós. Faze-o de novo, Senhor. Lembras-Te do povo hebreu no Egito? Protegeste Teus filhos do anjo da morte. Nós também temos filhos, Senhor! E Sara? Lembra de suas orações? Tu as escutaste. Josué? Lembras-Te de suas lágrimas? Tu as inspiraste. As mulheres no sepulcro? Ressuscitaste a esperança delas. As dúvidas de Tomé? Tu as tiraste. Faze-o de novo, Senhor.

“Acima de tudo, faze de novo o que fizeste no Calvário. O que vimos naquela terça-feira, Tu viste ali naquela sexta-feira. A inocência sendo esmagada. A bondade sendo assassinada. Mães chorando. O mal dançando. Como as cinzas caíram sobre nossos filhos, as trevas caíram sobre Teu filho. Mas isso não Te abalou, Senhor!

“Depois de Teu Filho ter permanecido três dias numa tumba escura, Tu moveste a pedra e sacudiste a terra, e tornaste a sexta-feira mais escura no domingo mais brilhante. Faze-o de novo, Senhor! Dá-nos um setembro da Páscoa.

“Agradecemos-Te, querido Pai, por essas horas de unidade. Cercas religiosas caíram… A cor da pele foi coberta com a cinza dos edifícios queimados. Concede àqueles que nos dirigem sabedoria além dos seus anos e experiência. Dá-nos graça para perdoar, e fé para que possamos crer. Faze-o de novo, Senhor!”

Dez anos depois, podemos com mais propriedade orar: “Vem, Senhor Jesus!”

 

Tanto quanto Ana Catarina me identifico perfeitamente nesse texto.

– Texto retirado do blog –  http://esperarhoje.blogspot.com/

Em primeiro lugar, não se assuste, procure ler até o fim, mesmo que ache absurdo.

Como talvez seja para você para mim o movimento adventista era uma seita. Afinal, guardam o sábado e não comem carne de porco. Nós não vivemos no tempo da lei, mas no tempo da graça, onde tudo é lícito. Fechava os ouvidos pra qualquer coisa do adventismo, porque desde
criança eu ouvia que eles eram tão hereges quanto os Testemunhas de Jeová.
Há alguns anos tenho sentido o desejo de conhecer mais a Deus e agradá-lo mais. Tenho certeza de que o fim se aproxima e de que no final dos tempos deveríamos nos santificar cada vez mais “Quem é limpo, limpe-se mais, e quem é sujo, suje-se ainda” Ap 22:11. Resolvi então buscar com mais seriedade a “santificação sem a qual ninguém verá o Senhor”. Hb 12:14
O que Deus quer de nós? De forma resumida: Que creiamos em Seu Filho, nos batizemos e preguemos o evangelho da salvação a toda criatura! MT 28:19-20
Mas este não é o evangelho que vemos pregado. Conheço o evangelho da prosperidade. Conheço as campanhas em busca de vitórias, já participei de vigílias em busca de “poder” e bênçãos. Já fiz cura interior,
quebra de maldições hereditárias. Participei de muito “reteté”, já caí no poder, já falei em línguas. Passei por muitas igrejas, umas mais e outras menos, mas todas materialistas querendo tornar o “seu
nome célebre na terra” como nos tempos da torre de Babel. Gen 11:4
Por esses e vários outros motivos comecei a minha peregrinação em busca de uma igreja que me falasse mais da palavra de Deus, do Cristo que não tinha onde reclinar a cabeça, MT 8:20 dos apóstolos que largaram tudo por amor a causa. MT 4:20 Desejei agradar a Deus com meu modo de vida, não só com o meu louvor aos domingos. Mas como agradar a Deus?
Entendi que o que Deus mais quer do ser humano é relacionar-se com ele e que desse relacionamento floresça  OBEDIÊNCIA. I SM 15:22 Mas obedecê-lo em quê?
Veja quais os mandamentos que Jesus falou para o jovem rico obedecesse se quisesse ter a vida eterna! MT 19:17)
Eu já havia me perguntado diversas vezes se Deus é tão complacente que não se importa muito se gente guarda ou não guarda os seus mandamentos. Só crer em Jesus é suficiente?
Em toda bíblia, os 10 mandamentos (Ex 20) são a única coisa que Deus escreveu com sua própria mão (Ex 34:1), será que Ele não se importa mesmo em não darmos o devido valor às SUAS PALAVRAS? Jesus aboliu TODA a lei?
Então Deus se contradiz?! Afinal se Deus e Jesus são UM desde o início da criação, como Deus manda guardar o sábado e Jesus manda guardar o domingo? Ou não preciso guardar dia nenhum porque Jesus me libertou do JULGO. A Lei de Deus é um JULGO ou boa e perfeita como diz em Salmo 19:7? Os 10 mandamentos são apenas para os judeus? Não devo cobiçar, roubar, não devo adorar outros deuses e não devo fazer imagens, mas
não preciso guardar o sábado, isso Deus não faz mais questão!? Que Deus é esse que ora diz uma coisa e depois muda de idéia? Será que não estamos interpretando mal a Palavra de Deus? Estamos aceitando uma tradição de homens que vem sendo passada através dos séculos sem questionar?
MT 15:9

Agora percebo claramente que Jesus não aboliu a lei, mas cumpriu TODA a lei. Ele cumpriu a LEI MORAL: guardava o sábado LC 4:16, honrava seus pais, adorava somente a Deus. E cumpriu até a LEI CERIMONIAL:  sacrificou-se como o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. E ainda resumiu a lei em um mandamento só: Amar a Deus sobre todas as
coisas e ao próximo com a ti mesmo. Quem ama a Deus sobre todas as coisas obedece todos os outros mandamentos: 1- não tem outros deuses, 2- não faz imagens 3-não toma o nome Dele em vão e 4- guarda o sábado. Quem ama o próximo como a si mesmo 5- honra seus pais e jamais 6-matará, 7- adulterará, 8-furtará 9-dirá falso testemunho ou 10- cobiçará.
Posso comer de tudo porque TUDO me é lícito? Posso vestir qualquer roupa e aderir a qualquer modismo porque TUDO me lícito, desde que haja decência? (Se bem que nem decência encontramos mais em algumas igrejas…) Deus me ama de qualquer jeito e posso viver conforme padrões do mundo, basta aceitar o sacrifício de Jesus e buscar o poder? Você já percebeu que ser crente virou moda? Monique Evans, Tiazinha, Gretchen? “Deus te ama, venha como está!” Mas as pessoas estão entrando com os costumes do mundo dentro da igreja… Você já ouviu falar da
“Igreja Contemporânea”? Então pasme e veja com seus próprios olhos no site http://www.igrejacontemporanea.com.br Mas isto já estava previsto em II TM 4:3-4. Se o inimigo não consegue destruir a igreja, pelo menos se infiltrando nela, tornando verdades absolutas em meias verdades, misturando a verdade com mentira nos faça desagradar a Deus… Então
quando Jesus vier buscar uma igreja sem mácula e sem ruga o que será que encontrará?

Sabe quando você ama muito alguém, está verdadeiramente apaixonado e quer agradá-lo (a) em tudo? Muitas mulheres mudam a cor do cabelo, pintam as unhas na cor que o namorado gosta. Fazem aquele pudim do jeito que ele gosta. E a Deus? Como o amo muito, quero agradá-lo em tudo MESMO, com meu interior e com meu exterior. Mas o que Ele quer de mim?
Vão haver mesmo duas testemunhas que ficarão vestidas de saco em praça  pública? Será que o que é retratado no filme “Deixados para trás” tem fundamento? O que é a mulher de vermelho e a mulher de branco em apocalipse? O quê do livro de apocalipse já aconteceu e o que ainda vai acontecer?
Comecei a perceber que muitas explicações “evangélicas” sobre diversos assuntos não me eram tão convincentes quanto eu imaginava. Mas também
descobri que TUDO, ABSOLUTAMENTE TUDO, está na palavra de Deus, ela se explica em si mesma. Um versículo complementa o outro mesmo que em estejam em livros diferentes. Porque ela é única e perfeita. II TM 3:16-17
Por isso achei na igreja adventista muitas coisas que eu procurava. Pra deixá-los curiosos… experimente ler no texto de Apocalipse nos capítulos 12 e 17… onde fala mulher, leia igreja, onde fala água, leia povos, e onde fala cauda, leia falso profeta, onde está dragão, leia diabo, onde está estrelas leia mensageiros.

Em relação às testemunhas vestidas de saco: onde se lê duas testemunhas, leia bíblia (antigo e novo testamento).
A primeira vinda de Cristo não foi alarmante… não ouve estrondos, quando Cristo morreu e ressucitou muitos não ficaram nem sabendo naquela hora. Você já pensou que muitas coisas que estão em Apocalipse e em Daniel talvez não aconteçam com o barulho e o impacto que esperamos, que talvez sejam acontecimentos históricos que ignoramos e já
tenham até acontecido?

Falando assim, parece que foi fácil. Como chorei, como lutei comigo mesma e com Deus durante um ano inteiro. Que paciência o Senhor teve comigo me mostrando que eu não conhecia a palavra como deveria. Tantas coisas nas quais acreditei a vida toda! Parecia que estava tudo tão certo!
Não peço que todos se tornem adventistas só desejo que busquem o conhecimento da palavra de Deus com mais intensidade do que as vitórias. E que se reencontrem com as verdades da bíblicas neste tempo do fim.

O mês de maio é mais importante que os outros doze meses do ano, pelo menos para mim. Isso porque é o mês que nasci, mais precisamente no último dia de maio, trinta e um. Neste 2011, hoje, completo 20 anos de vida pois levo o ano de 1991 como o de meu nascimento.

Em análise de tudo que vivi e tendo em vista todas as coisas que ainda virão relembro uma série de coisas. São cenas, cheiros, gostos, fotografias, todas compostas por pessoas inesquecíveis e marcantes.

Parece ontem. Que fugia da Casa de Cultura para brincar no balanço da pracinha central. E já na escola tinha pressa em juntar as letras, o objetivo era formar logo as palavras. As nuvens, na época se tornaram a brincadeira preferida. Era nelas que fazia lindas obras de arte, claro, com a força da imaginação.

Admito ter tido uma infância privilegiada. Todavia não gosto quando a menosprezam alegando que não brinquei na terra, ou criei meus próprios brinquedos. Admito, tive bonecas, casinhas, e até carrinhos, e de ótimo bom gosto. Sempre recebi tudo que os pais sonham em conceder aos filhos. O que não torna minha infância menos interessante das crianças que não tiveram.

Ele já havia preparado todos os detalhes, e desde o ventre materno me escolhido para fazer a diferença na Terra. Não só a mim mas, além disso, você.

Foi então que me deu vida, fez meus dias mais coloridos, encheu minha adolescência de melodia. Louvo a Ele pela imensa misericórdia, que pela graça do seu imensurável amor, se renova a cada amanhecer.

Agradeço pela sociedade jovem, por cada jovem. Porque todos, sem exceção, mudam um pouco em mim através dos testemunhos de vida. Inclusive, obrigada pela benção de ser pastoreada por uma família incomum.

Obrigada por realizar meus sonhos, e no momento não deixar que conduza tudo com a força de meus braços.

Te agradeço pelas promessas vindas da Tua Palavra e porque sempre que Lhe busco, Lhe acho. Te agradeço Pai, pelos meus amigos, aqueles que  sinto falta de ouvir a voz, por estarem longe, e por todos que estão ao meu redor. Pela minha base familiar, meu amado avô no qual sou totalmente grata e apaixonada.

Obrigada por me chamar, e todas as vezes que me capacitou. Isso durante os sermões, evangelismos e na luta diária contra tudo aquilo que é mau. Não poderia deixar de mencionar e agradecer por todas as vezes que precisei cair para aprender, e permitiu que caísse mais uma vez, para que perceber que Você não havia desistido de mim.

Desde já, eu tT agradeço pelos meus próximos anos, e por tudo que Você ainda realizará em mim e através da minha vida.

Há uma promessa e ela vai se cumprir, sobre mim… Todos virão. O meu Rei, vai voltar!

“Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta. Então disse eu: Ah, Senhor DEUS! Eis que não sei falar; porque ainda sou um menino. Mas o SENHOR me disse: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar, falarás. Não temas diante deles; porque estou contigo para te livrar, diz o SENHOR. E estendeu o SENHOR a sua mão, e tocou-me na boca; e disse-me o SENHOR: Eis que ponho as minhas palavras na tua boca; Olha, ponho-te neste dia sobre as nações, e sobre os reinos, para arrancares, e para derrubares, e para destruíres, e para arruinares; e também para edificares e para plantares.” Jeremias 1:5-10

Eu nasci no tempo errado!

Consulta NADA Popular

Nesta última quarta-feira 23, juntamente com minha chefa, redigíamos a matéria que encerraria a edição de mais um jornal diário. Entretanto, fui surpreendida por uma ligação da recepção da empresa. Nessa ligação a recepcionista pediu que me locomovesse até o setor para votar na Consulta Popular.

Chegando lá, preenchi o formulário com nome e número do título eleitoral, e consecutivamente as agentes me entregaram a cédula da votação. Porém, neste momento, iniciou um dilema inacreditável e incontestável. Ao pegar esta cédula constavam cerca de oito itens, sendo que eu poderia através do que considero prioridade para a cidade escolher apenas quatro.

O fato é que, a cédula já possuía um item marcado, e isso me fez concluir que a própria agente realizou a marcação do item, pois em suas mãos se encontravam uma série outras cédulas que, infelizmente, também estavam marcadas, mesmo antes dos próximos votantes entrarem em contato com a cédula.

Esta marcação na cédula, foi sem dúvida baseada no quesito que a agente julgava ser prioridade para o município. E o mais lamentável,  a área marcada ‘segurança pública’, era “coincidentemente”  a área de atuação de ambas as agentes.

CONCEITO:

A Consulta Popular,  é o processo pelo qual a população decide, de forma direta e individual, a aplicação dos recursos em obras e serviços que serão executados pela administração.

JUSTIÇA:

Logo após relatar o ocorrido para os outros funcionários da empresa, entre esses, minhas colegas redatoras e, juntamente os repórteres, uma delas entrou em contato com os órgãos competentes, e denunciou o abuso. Sendo assim, creio que através do poder de influência que nos cabe, como repórteres em um veículo de comunicação, a justiça há de ser feita.